A partir desta quarta-feira (9), a Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante/RN ampliou a vacinação contra a covid-19 para trabalhadores da Educação do ensino fundamental das redes pública e privada. Na primeira etapa foram vacinados os profissionais das creches e pré-escolas que atuam no município. A imunização está acontecendo por meio de agendamento pela plataforma ‘RN Mais Vacina’. 

    De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), esse público está sendo direcionado para o campus do IFRN como estratégia de evitar aglomerações nas unidades de saúde, onde estão recebendo as pessoas com comorbidades. É necessário apresentar declaração de vínculo assinada pelo diretor da unidade escolar. 

    “O profissional deve tomar a vacina no município onde trabalha. Ou seja, mesmo quem mora em outro município, deve se vacinar em São Gonçalo. Da mesma forma quem mora em São Gonçalo e trabalha em outra cidade, precisa tomar no município que exerce a função”, observa Jalmir Simões, secretário da SMS. 

    O agendamento será liberado conforme a ordem de vacinação desse grupo. Nesta terça-feira (8) todos os profissionais do ensino fundamental I e II já podem agendar o dia e hora para receber a primeira dose.

    Ordem de prioridade: 
    1) Creches e prés escolas; 2) Ensino fundamental I; 3) Ensino fundamental II; 4) Ensino médio; 5) Profissionalizantes e EJA;6) Ensino superior. 

    Como agendar:

    O processo de agendamento é simples e fácil. Depois de se cadastrar no RN Mais Vacina, clica em “Cidadão”. O próximo passo é escolher a opção “Agendamento” e selecionar o local, dia e hora que deseja receber o imunizante. A confirmação será enviada por e-mail. O comprovante de agendamento pode ser apresentado impresso ou no próprio aparelho celular pelo usuário.

    Confira os grupos que também estão sendo vacinados:

    Pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente com ou sem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e gestantes e púrpuras acima de 18 anos, em todas as unidades de saúde do município; 

    Segunda dose da Coronavac para idosos de 65 a 69 anos, nas unidades de Regomoleiro e Cidade das Rosas;

    Trabalhadores da saúde, na UBS Jardim Lola.

    comentarios