20150910_123536

    Olhando assim de longe da pra imaginar que o Vereador de São Gonçalo do Amarante/RN, Alexandre Cavalcanti-PMDB é um grande parlamentar e um ex deputado estadual defensor das causas de São Gonçalo… Só que não. As suas aparências só ficam mesmo nas aparências. O vereador Alexandre Cavalcanti quando era deputado estadual, no seu legítimo papel de parlamentar só fez apenas um projeto de lei que o povo de São Gonçalo do Amarante nunca vai esquecer.

    Hoje, o não aliado declarado do prefeito Jaime Calado-PR, foi autor de um projeto  que definiu novas dimensões geográficas para a cidade, onde o mesmo diz ser filho legitimo do município. Nesse projeto as terras dos mártires perdeu uma vasta área para as cidades de Natal, Extremoz  e Ielmo Marinho. O ex deputado espera que  o povo de São Gonçalo, esqueça essa sua passagem pela Assembleia Legislativa, pois só com esse projeto, a cidade deixou de arrecadar muitos impostos por mês que seriam fundamentais para serem investidos na saúde, educação e outras áreas  carentes, isto na época que o seu irmão Poti Junior era prefeito da cidade.

    Perdemos áreas nobres como a Redinha, parte da Zona Norte, áreas de indústrias têxteis que hoje pertencem a Extremoz, sem falar que uma boa parte da comunidade de “Chã do Moreno” é hoje território de Ielmo Marinho/RN. Não da pra esquecer essa péssima passagem de Alexandre Cavalcanti pela maior casa de leis do RN. O ex deputado só pensou em si mesmo quando escreveu essa lei, não pensou em sua cidade nem tão pouco nos munícipes. O único objetivo das diminuições  nas dimensões geográficas do município era a troca de apoios políticos das cidades vizinhas, visando sempre se manter no seu mandato de deputado. Traduzindo… troca de votos.

    Vai ficar sempre uma pergunta no ar, o que o  ex Deputado Estadual trouxe para São Gonçalo?… A pergunta e simples e a resposta Também;  Nada. Nem mesmo 20 pessoas procurando ao sol do meio dia ira encontrar algum beneficio trazido por esse vereador que hoje se diz ser defensor das causas populares. Só que não.

    Pura farsa!

    detran_ago

    comentarios