3a83088b126f44cd80335113145a7977

    A Prefeitura Municpal de São Gonçalo do Amarante instituiu o comitê gestor de prevenção e enfrentamento ao Coronavírus (COVID-19).

    O decreto foi publicado no jornal oficial do município, edição desta sexta-feira (13).

    O comitê formado por sete secretarias, tendo como titular o Secretário Municipal de Saúde Jalmir Simões,  ficam responsáveis pela gestão e execução, em âmbito municipal, das medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional, decorrente do coronavírus responsável pela pandemia global, instituída pela Organização Mundial de Saúde – OMS.

    2017-12-31-23-39-15-333

      O vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, (RN), Eraldo Paiva, usou suas redes sociais para expor sua preocupação com a pandemia, recém declarada do novo Coronavírus pela Organização Mundial de Saúde. O vírus já atinge 114 países, e nesta sexta-feira, (13), foi comprovado que uma mulher no Rio Grande do Norte tem o coronavírus.

      Eraldo ainda defende que todos os eventos governamentais e não governamentais, sejam cancelados ou adiados. Veja a declaração abaixo na íntegra:

      Estamos vivendo uma PANDEMIA, por causa do CORONAVÍRUS, não podemos brincar com esse momento que o mundo vive.

      Com a GLOBALIZAÇÃO, os problemas de uma região, passam a ser vividos com mais facilidade em outras regiões. Na minha opinião, eventos de massa governamentais, esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais e religiosos, devem ser cancelados ou adiado. Com isso podemos evitar que pessoas sejam contaminadas com o CORONAVÍRUS.

      DSC_805

        Um corpo que tinha sido enterrado no cemitério de Parnamirim, na região metropolitana de Natal, ficou exposto após o muro do local desabar e a força da água que alagava a rua abrir algumas das covas. A capital registrou 122 milímetros em 12 horas, segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

        De acordo com moradores, o barulho do desabamento do muro foi ouvido na madrugada desta sexta-feira (13), mas apenas pela manhã eles perceberam a situação.

        Com a força da água que alagava a rua do bairro Monte Castelo, em Parnamirim, parte do muro do cemitério público do município, o São Sebastião, desabou. Pelo menos cinco covas foram abertas. Em uma delas, o caixão se abriu e o corpo saiu.

        Em nota, a Prefeitura de Parnamirim afirmou que as águas das chuvas retidas no interior do cemitério fizeram recalcar o sepulcro, levando a comprometer a base do muro que veio a ruir. “Neste exato momento, as equipes já estão recompondo o muro e sanando o problema”, afirmou em nota enviada às 11h.

        Durante a manhã, funcionários do local cobriram o corpo, enquanto aguardavam providências. A situação chamou a atenção da população, que foi ao local ver de perto.

        G1
        Quadro-1

          A Secretaria de Estado da Saúde Pública e a Secretaria Municipal de Saúde de Natal confirmaram, na noite desta quinta-feira (12), o primeiro caso importado do novo Coronavírus (COVID-19) no Rio Grande do Norte.

          O caso é de uma mulher, de 24 anos, com histórico de viagem à Europa (França, Itália e Áustria). Segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde Pública e da Secretaria Municipal de Saúde, a referida paciente passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas em Natal, onde reside.

          As análises laboratoriais foram realizadas pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, referência nacional para os exames do covid-19.

          Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública e a Secretaria Municipal de Saúde, é Importante destacar que a paciente foi contaminada na Europa, ou seja, ainda não temos transmissão local no RN – quando ocorre de pessoa a pessoa.

          A paciente começou a manifestar os sintomas da doença ao retornar ao Estado, quando procurou assistência médica. Desde a notificação, todas as medidas de controle e prevenção da doença vêm sendo tomadas pelas Secretarias de Estado e Secretaria Municipal de Saúde de Natal.

          As Secretarias reforçam a necessidade da população manter as medidas de higiene que protegem não só para o covid-19, mas para diversos vírus de transmissão respiratória que circulam em nosso território, como sarampo e a influenza. Os potiguares também devem ficar atentos às informações oficiais, evitando propagar fake News.

          Por fim, A Sesap-RN e a SMS Natal reafirmam que este não é um momento para pânico. O Estado vem intensificando a articulação com os municípios para operacionalizar o plano de contingências que prevê a ampliação das ações assistenciais, de vigilância e de educação em saúde. Trabalhando arduamente para atender os casos suspeitos por covid-19 independente de confirmação, buscando, assim, evitar novos adoecimentos.

          20200312_212237

            Uma criança de 9 anos morreu depois de ter sido atingida por um muro e arrastada pela força de uma correnteza causada pelas chuvas, que caem na Grande Natal. A vítima foi Alessandro David Nogueira, que brincava com mais duas crianças no bairro Jardim Lola, em São Gonçalo do Amarante, na tarde de quinta-feira (12).

            As outras duas crianças eram o irmão de Alessandro, que quebrou a perna, e um amigo, que teve ferimentos leves. De acordo com familiares e outros moradores da região, os três brincavam em uma praça antes do desabamento do muro. A estrutura se rompeu e os destroços arrastaram as crianças rua abaixo.

            Alessandro foi encontrado por um vizinho embaixo de um carro. Os familiares tentaram reanimá-lo e também acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas a criança de 9 anos não resistiu e morreu no local. “Eu fui tentar tirar uma moto que estava embaixo do carro e quando vi o corpo rapidamente tentei prestar socorro”, conta o vendedor José Fernando Lima, que encontrou Alessandro.

            (Brasília - DF, 20/05/2019) Apresentação da 2ª Fase da Campanha Publicitária da Nova Previdência.rFoto: Marcos Corrêa/PR

              O governo informou nesta quinta-feira (12) que o secretário de Comunicação Social da Presidência, Fábio Wanjgarten, tem coronavírus.

              O Palácio do Planalto informou ainda que a contra-prova já foi realizada e que o secretário já está em quarentena em casa.

              Wajngarten fez parte da comitiva do governo que viajou nesta semana para a Flórida, nos Estados Unidos, para uma série de compromissos. Ele viajou junto com o presidente Jair Bolsonaro.

              Na nota em que informou que o secretário contraiu o vírus, o governo disse também que o serviço médico da Presidência está tomando medidas para preservar a saúde de Bolsonaro e de toda a comitiva.

              “O serviço médico da Presidência da República adotou e está adotando todas as medidas preventivas necessárias para preservar a saúde do Presidente da República e de toda comitiva presidencial que o acompanhou em recente viagem oficial aos Estados Unidos, bem como dos servidores do Palácio do Planalto”, afirmou o governo.

              2017-12-31-23-39-15-333

                O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) estão com inscrições abertas para cursos superiores de pós-graduação em nível de especialização. Os cursos são na modalidade a distância.

                A UAB em São Gonçalo será um dos polos de apoio presencial e está disponibilizando 40 vagas para a especialização em Tecnologias Educacionais e Educação a Distância e 40 vagas para a especialização em Educação Inclusiva. As inscrições podem ser realizadas até esta quinta-feira (12), por meio do site https://processoseletivo.ifrn.edu.br/.

                As informações sobre datas, inscrições e pedidos de isenção da taxa de inscrição podem ser consultadas no edital disponível no site https://ead.ifrn.edu.br/portal/.

                2017-12-31-23-39-15-333

                  O Brasil já soma 69 casos confirmados do novo coronavírus. À tarde o Ministério da Saúde confirmou 52 casos, mais tarde a Bahia registrou mais um e o hospital Albert Einstein, em São Paulo, divulgou a confirmação de 16 novos casos à tarde.

                  Entre as novas confirmações, 11 ocorreram em São Paulo, cinco no Rio de Janeiro, uma no Rio Grande do Sul e outra no Distrito Federal. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia confirmou um novo caso no final da tarde desta quarta.

                  Com a atualização, ao menos sete estados e o Distrito Federal já têm registros do covid-19. O maior número ocorre em São Paulo, onde há 30 casos confirmados até o momento.

                  Também registram casos: Rio de Janeiro (13), Bahia (2), Rio Grande do Sul (2), Minas Gerais (1), Espírito Santo (1), Alagoas (1) e Distrito Federal (2).

                  O novo caso na Bahia é de uma mulher de 68 anos, de Feira de Santana, que teve contato com a segunda paciente do estado com a covid-19 —trata-se, portanto, de transmissão local da doença. A paciente tem sintomas leves e está em isolamento domiciliar.

                  Nesta quarta, a Organização Mundial de Saúde declarou pandemia pelo novo coronavírus.

                  Para o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a organização demorou a reconhecer o cenário.

                  “Teimaram comigo. Falei: é uma pandemia, e desde a semana passada o Brasil já trata como pandemia. Se você tem uma transmissão sustentada em tantos países, como vou ficar procurando país por país, quem veio de onde? Isso pelo menos três semanas atrás já era impraticável pelos sistemas de saúde”, afirmou.

                  Segundo ele, com a declaração de pandemia, a ideia é que o país passe a usar como critério para identificar casos a ocorrência de sintomas e histórico de viagem internacional, além do contato com casos confirmados.

                  Até então, o Brasil considerava para essa análise a ocorrência de febre e outros sintomas e histórico de viagem a países da América do Norte, Europa e Ásia, além de Equador, Argélia e Austrália. Agora, todos os países entram na lista, afirma.

                  Folha – UOL
                  Diagnóstico laboratorial de casos suspeitos do novo coronavírus (2019-nCoV), realizado pelo Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que atua como Centro de Referência Nacional em Vírus Respiratórios para o Ministério da Saúde

                    O número de casos suspeitos de coronavírus no Rio Grande do Norte caiu de 15 para 13 nesta quarta-feira (11), segundo o Ministério da Saúde. Atualmente, o estado segue sem casos confirmados da doença. No Brasil, até o momento, são 52 confirmações de Covid-19 e 907 casos suspeitos.
                    O novo boletim sobre o coronavírus foi publicado nesta quarta-feira. O estado de São Paulo tem o maior número de casos confirmados no país.

                    A distribuição dos casos pelo Brasil é:

                    Alagoas: 1
                    Bahia: 2
                    Minas Gerais: 1
                    Espírito Santo: 1
                    Rio de Janeiro: 13
                    São Paulo: 30
                    Rio Grande do Sul: 2
                    Distrito Federal: 2
                    O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, decretou nesta quarta-feira a situação do novo coronavírus como uma pandemia mundial. A entidade vinha resistindo a caracterizar a disseminação da Covid-19 dessa forma há semanas, embora a nova doença tenha atingido mais de 110 países.

                    DSC_805

                      Governo do Estado acertou com o Ministério da Infraestrutura a participação de um membro da gestão estadual no grupo de trabalho que vai acompanhar o processo para a nova licitação do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante.

                      A requisição para integrar o grupo foi feita diretamente pela governadora Fátima Bezerra ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas e ao secretário nacional de Aviação Civil Ronei Saggioro Glanzmann durante reunião em Brasília-DF, na manhã desta quarta-feira (11). O nome indicado para compor o grupo de trabalho foi o do presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Bruno Reis.

                      A reunião contou com a presença da bancada potiguar no Congresso Nacional, representada pelos senadores Jean-Paul Prates e Zenaide Maia e os deputados federais Natália Bonavides, João Maia, Benes Leocádio, Beto Rosado, Walter Alves, Fábio Faria e General Girão. Também participaram o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, os secretários de Estado Gustavo Coelho (Infraestrutura) e Ana Maria Costa (Turismo), o procurador geral do Estado, Luiz Antônio Marinho, e o adjunto, José Santana, além da subsecretária do Gabinete Civil, Laíssa da Costa.

                      A governadora voltou a destacar que o processo para substituição da Inframérica na gestão do aeroporto será monitorado de perto pelo Governo do Estado. “Vamos ficar 24 horas por dia acompanhando todo o processo. O ministro Tarcísio reiterou que a legislação obriga a concessionária a manter os serviços até que seja feita a transição. Nosso papel é acompanhar a manutenção dos serviços e dos empregos”, afirmou Fátima Bezerra.

                      O processo de relicitação da gestão do terminal aeroportuário, segundo o ministro da Infraestrutura, será tranquilo e sem prejuízos para quem chega ou sai do Rio Grande do Norte pelos ares. “Será feito um termo aditivo ao contrato da concessionária para que ela cumpra os requisitos de operação, mantenha o serviço de excelência dentro dos padrões internacionais até que seja feita a transição. De antemão, digo à população que há interesse concreto no equipamento. Teremos um bom operador, que com certeza vai trazer novos voos e novas oportunidades para aproveitar o grande potencial que o estado tem”, ressaltou Tarcísio Gomes de Freitas.

                      O Governo do Estado foi informado oficialmente pelo grupo argentino Inframérica no dia 5 de março sobre a desistência da operação do aeroporto, que foi licitada em 2011 como a primeira operação totalmente privada do setor no Brasil. Durante reunião, o vice-presidente do grupo, Jean Dedjeian, ressaltou os esforços do Governo do Estado para o crescimento do fluxo de voos e consequente incremento na atividade turística. O executivo também isentou a gestão estadual e a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante pela quebra de contrato, justificada pela empresa por seguidos prejuízos e dificuldades com a rigidez dos contratos e do marco regulatório da aviação.