Na manhã desta quinta-feira (4), equipes da Prefeitura, Vigilância em Saúde, Guarda Muncipal e Polícia Militar intensificaram fiscalização em todo município de São Gonçalo do Amarante. A Agência do Bradesco, em Jardim Lola, foi interditado por descumprir medidas de prevenção à Covid-19.

    Aproximadamente 40 agentes integram a operação, que também vai à zona rural.

      Após recomendação do Comitê Gestor Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Covid-19, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN determinou que fica proibido acender fogueiras e usar fogos de artifícios em espaços públicos e privados do município, neste período junino e enquanto durar a situação de calamidade pública por causa do novo coronavírus. O decreto Nº1212 foi publicado no Jornal Oficial do Município (JOM) desta quarta-feira (3) e passa a valer na quinta (4).

      Além de evitar problemas respiratórios e aglomerações nos festejos juninos, a medida visa prevenir a intoxicação por fumaça. “Nesse momento de pandemia, onde as unidades hospitalares estão chegando ao seu limite, é necessário prevenir qualquer tipo de doença ou problema de saúde”, destacou Jalmir Simões, secretário de Saúde.

      O texto, assinado pelo prefeito Paulo Emídio, o Paulinho, ainda suspende comercialização de fogos como também os alvarás já concedidos pela prefeitura.

        O Hospital Maternidade Belarmina Monte, em São Gonçalo do Amarante/RN, está com sua capacidade máxima atingida de leitos para pacientes com a COVID-19. Dos 11 leitos disponíveis, todos estão ocupados. Segundo o Secretário de Saúde do município, Jalmir Simões, dos 11 que estão internados, 2 estão entubados e 3 precisam ser transferidos para leitos de UTI’s, em virtude de  estarem em situação mais grave.

        A previsão é de que o Hospital de Campanha do município, seja entregue em até 20 dias. Atualmente, São Gonçalo tem um total de 21 óbitos, 391 infectados, além de 700 suspeitos com a doença.

        A Prefeitura da cidade já realizou a entrega de mais de 100 mil máscaras à famílias carentes do município, além da implantação de 11 pias que já foram instaladas em diversos pontos da cidade, à fim de diminuir o aumento de casos.

          Rio Grande do Norte registrou 26 novos óbitos em decorrência de Covid-19, dos quais 7 ocorreram nas últimas 24h, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e soma agora 367 mortes. Os dados apontam ainda que há 9.148 casos confirmados da infecção, o que equivale a 915 novos registros (na última atualização desta segunda eram 8.233). Suspeitos são 19.659 e descartados, 16.013. Há 69 mortes em investigação.

          Segundo a Sesap, são 594 pessoas internadas no RN em função da doença, das quais, 293 estão em leitos críticos. A taxa de isolamento social está em 41%. O secretário-adjunto da pasta, Petrônio Spinelli, disse que a situação no estado continua dramática e renovou o apelo para que haja união frente às medidas de enfrentamento à doença.

          “É momento de união e de responsabilidade. No país, o aumento do coronavírus está ocorrendo de forma muito grave. E a politização da pandemia é um dos fatores que contribuem para esse aumento. A situação é dramática”, disse.

            Um jogador de futebol foi assassinado dentro da própria casa na noite de terça-feira (3) em São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Natal. Marcos Antônio da Silva Neto, de 19 anos, estava no quarto quando os atiradores invadiram a residência. O crime foi presenciado pelo pai dele.

            Segundo a Polícia Militar, quatro atiradores foram ao local em um carro preto, na Rua Vereador Eri Teixeira. Eles desceram do veículo, arrombaram o portão da residência e atiraram com uma arma de calibre 12 na vítima. “Não falaram nada, foram logo atirando”, disse o pai do jovem.

            Marquinhos, como era mais conhecido, sonhava em ser jogador de futebol profissional. Ele tinha passagens pelos times potiguares ABC e Globo. “Tinha seus problemas, era usuário de drogas, mas era um menino bom, nunca roubou, nunca matou. Não merecia morrer dessa forma”, afirmou o pai de Marquinhos.

            A Polícia Militar isolou a área para que a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) pudesse fazer as primeiras investigações. O Instituto Técnico-Científico de Perícia também esteve no local. Os atiradores que mataram Marquinhos não foram localizados pela polícia.

            G1

              Um novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde Pública do RN nesta noite de segunda-feira, (1), mostra que São Gonçalo do Amarante, já é o 3º município do RN com maior número de óbitos ocasionados pela COVID-19. São Gonçalo fica atrás apenas dos municípios de Natal e Mossoró.

              No momento, o município registra 19 mortes provocadas pelo novo coronavírus, além de 1 óbito que está em investigação. O município também tem um total de 302 pessoas infectadas e 611 suspeitos com a doença. Outros 362 já foram descartados.

              Segundo a SESAP, o número de recuperados continua o mesmo, (52).

              A Prefeitura da cidade já realizou a entrega de mais de 100 mil máscaras à famílias carentes do município, além da implantação de 11 pias que já foram instaladas em diversos pontos da cidade, à fim de diminuir o aumento de casos.

                A Guarda Municipal, Polícia Militar e equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e de Saúde realizaram, no último final de semana, operação de fiscalização no cumprimento dos decretos do Executivo Municipal que estabelecem medidas restritivas para enfrentamento da Covid-19 em São Gonçalo do Amarante/RN. Ruas e avenidas, feiras livres, praças, bares e estabelecimentos foram fiscalizados.

                “Fizemos atuações em diversos pontos, a exemplo de ruas com pessoas que estavam com carros de som ligados em frente a suas casas. Além das denúncias que estão sendo feitas, as nossas equipes estão fazendo rondas para coibir aglomerações”, observou João Eider, secretário de Defesa Social.

                As denúncias podem ser feitas pelo disque 190, ou pela central da Guarda Municipal de São Gonçalo do Amarante, no (84) 98120-1548.

                  O Governo do Estado vai destinar mais dois respiradores para a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN. A notícia foi dada, nesta sexta-feira (29), pela própria governadora Fátima Bezerra ao prefeito Paulo Emídio, o Paulinho. A gestora do Executivo Estadual ainda ressaltou que está empenhada em abrir o hospital de campanha do município, que vai atender toda região da Grande Natal.

                  Em publicação numa rede social, Paulinho disse que equipe da Secretaria Estadual de Saúde Pública esteve no município para dar sequência à instalação da unidade que vai acolher e tratar os pacientes do novo coronavírus. Os dois respiradores serão cedidos ao Hospital Belarmina Monte.

                  “Obrigado governadora pela atenção e mão estendida a todos os são-gonçalenses. Vamos seguir trabalhando juntos com a Sesap para prover todos os meios possíveis para combater a Covid-19 em nosso município”, publicou Paulinho

                   

                    Um novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde Pública do RN nesta noite de sexta-feira, (29), mostra o alto índice de proliferação da COVID-19 em São Gonçalo do Amarante/RN. No momento, o município registra 16 mortes provocadas pelo novo coronavírus, além de outros 4 óbitos que estão em investigação. O município também tem um total de 209 pessoas infectadas com o coronavírus e 592 suspeitos com a doença. Outros 323 já foram descartados.

                    Segundo a SESAP, o número de recuperados continua o mesmo, (52).

                    A Prefeitura da cidade já realizou a entrega de 100 mil máscaras à famílias carentes do município, além da implantação de 11 pias que já foram instaladas em diversos pontos da cidade, à fim de diminuir o aumento de casos.