Quadro-1

    A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deu início, nesta quarta-feira (29), aos trabalhos de uma Força-Tarefa que objetiva investigar homicídios praticados na cidade de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. A Força-Tarefa, coordenada pelo delegado-geral adjunto, Odilon Teodósio, investigará os crimes que foram praticados após o dia 01 de janeiro deste ano e combaterá a incidência de novos homicídios.

    Também integrarão a Força-Tarefa: a Polícia Militar, Guarda Municipal de São Gonçalo do Amarante, Ministério Público, Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e Polícia Rodoviária Federal. Na Polícia Civil, equipes da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (DEICOR) atuarão diretamente nas investigações, no cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão.

    A Força-Tarefa será realizada durante este primeiro semestre de 2020 e poderá ser prorrogável por igual período. Além de investigar os crimes violentos letais intencionais (CVLI’s), a ação também visa contribuir para a redução de crimes conexos aos homicídios, como o tráfico de drogas. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

    Quadro-1

      Pelo Segundo ano consecutivo, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Fundação Cultural Dona Militana, irá promover a encenação do “Auto do Santo Gonçalo”. O espetáculo vai remontar a história do santo padroeiro da cidade na forma de teatro musical, misturando elementos da cultura popular da cidade.

      O auto gira em torno de duas personalidades. Por um lado, o caráter religioso de Gonçalo e Flora, moça que por acidente chega a Amarante, e a personalidade profana e lasciva de Antônio, sobrinho de Gonçalo, que é encarregado de cuidar dos fiéis na ausência do frei.  A partir do desejo não correspondido de Antônio por Flora, surge o conflito da trama, possibilitado ainda mais pela ausência de Gonçalo na cidade, devido a uma peregrinação. Durante esse período, Antônio forja a morte de Gonçalo e isola os fiéis no outro lado do Tâmega, destruindo a ponte. É a construção de uma nova ponte, através de um milagre atribuído a Nossa Senhora, que marca o reencontro dos fiéis com a cidade e a igreja.

      A direção-geral do auto é do artista são-gonçalense Gleydson Almeida, que destaca a importância da encenação para a cidade ‘berço da cultura popular do estado’. “O auto vem para fortalecer nossa cultura e entrar para o calendário cultural da cidade. Resgatando o sentimento de união e fé no poder da arte”, disse. Gleydson lembra ainda que o espetáculo é desenvolvido em quase sua totalidade por pessoas da cidade, selecionadas por meio de audição. O texto e a trilha sonora são do músico Danilo Guanais, professor de música da UFRN, com mais de três décadas de carreira.

      As apresentações acontecem nos próximos dias 31 de janeiro e 1 de fevereiro, no patamar da Igreja Matriz de São Gonçalo, no Centro da cidade, a partir das 20h.

      001

        Já se passaram quatro anos da partida da produtora cultural Séphora Bezerra para o outro mundo. Séphora era produtora cultural são-gonçalense e diretora do Pastoril Dona Joaquina. Faleceu na quarta-feira (27) de janeiro de 2016, após uma parada cardíaca, no Natal Hospital Center, em Natal, ao qual estava internada.

        Séphora Maria Alves Bezerra tinha 54 anos, era graduada e mestra em Filosofia, dedicou grande parte da sua vida a cultura popular, e antes de afastar-se por problemas de saúde atuava como servidora pública na Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer. Começou no mundo das artes aos 10 anos de idade, foi casada e morou um período em Belo Horizonte. Ao retornar para São Gonçalo começou estudar a cultura popular e se encantou pelos folguedos. Admiradora do saudoso Deífilo Gurgel foi responsável pela criação do Pastoril Dona Joaquina para resgatar a dança tradicional do antigo Pastoril Estrela do Norte.

        001

          Um homem passou quase um ano preso no lugar de outra pessoa no Rio Grande do Norte, segundo informou a Defensoria Pública do Estado. Condenado pelo crime de furto, ele ganhou direito ao regime aberto em fevereiro de 2019, mas um mandado de prisão expedido no Pará com o seu nome o manteve detido de forma errada.

          De acordo com o órgão, o mandado na verdade era destinado para um homem que tinha o nome parecido com o do preso no Rio Grande do Norte. As mães dos dois são homônimas, ou seja, têm o mesmo nome, o que pode ter facilitado o erro. Após a constatação do equívoco, o homem só foi solto no último dia 21 de janeiro.

          De acordo com a Defensoria, o preso potiguar tinha sido condenado por furto em 2012. Na época, a pena determinada foi de prisão em regime aberto por dois anos. No entanto, o réu vivia em situação de rua e não foi encontrado para cumprir as determinações judiciais. Com isso, a Justiça decretou a prisão dele, que foi cumprida pela polícia em outubro de 2018.

          Em fevereiro de 2019, após verificação do caso pela juíza responsável, a soltura dele foi determinada, para que pudesse cumprir a pena em regime aberto, mas o homem continuou preso por haver outra ordem de prisão expedida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará.

          A família do preso procurou a Defensoria Pública para ter informações a respeito da detenção. Foi quando o erro acabou descoberto. Segundo a defensora Paula Braz, responsável pelo caso, o homem não foi colocado em liberdade por força de um mandado de prisão expedido erroneamente em seu nome.

          “Constatamos que havia esse mandado, mas a família alegou que o homem nunca nem esteve no estado do Pará, o que nos levou a buscar mais informações”, afirmou.

          Após contato com a Defensoria Pública do Estado do Pará, foi contatado que o mandado teve como origem uma ordem de prisão destinada a outra pessoa, mas que houve erro no momento da expedição do documento.

          Apesar de terem mães homônimas – ou seja, com o mesmo nome – o cidadão do Rio Grande do Norte e o verdadeiro acusado do processo do Pará possuem nomes apenas parecidos.

          Após pedido realizado pela Defensoria Pública do Pará, o juiz reconheceu o erro e recolheu o mandado de prisão. Assim, o potiguar foi colocado em liberdade.

          G1
          Quadro-1

            O Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte resgatou uma cobra jiboia. com aproximadamente 1,5 metro de comprimento, na tarde dessa segunda-feira (27). O animal estava em uma vila, no bairro Jardins, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal.

            Após o chamado da população, três militares do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) foram ao local e encontraram a cobra intacta, presa pelos moradores.

            Ainda de acordo com a corporação, os bombeiros isolaram a serpente e a levaram para o Aquário Natal, localizado na Redinha, na Zona Norte da capital potiguar, onde vai passar por tratamento antes e por avaliação se é possível voltar à natureza.

            G1
            001

              A Associação das Mulheres de Santo Antônio do Potengi (Amsap), em parceria com a Prefeitura de São Gonçalo, está promovendo o curso gratuito de Costura Industrial. As inscrições para o primeiro semestre de 2020 serão abertas no dia 5 de fevereiro. A associação vai receber inscrições todas as quartas-feiras, das 13h às 15h. Para participar é necessário ser residente do município e ter idade acima de 28 anos.

              Documentos necessários no ato da inscrição:

              • RG;
              • CPF;
              • Carteira de Trabalho;
              • Título de eleitor;
              • Comprovante de residência;
              • Reservista (para homens);
              • 1 foto 3×4

              Não é necessário apresentar cópias, apenas os documentos originais. As inscrições seguem até o preenchimento das 40 vagas disponíveis.

              Endereço da Amsap:

              Rua Vereador William Câmara de Brito, 133- Santo Antônio do Potengi- SGA/RN.

              Tel.: (84) 3278-3576

              001

                De 2016 a 2019, Zenaide Maia (Pros-RN) destinou R$ 74,5 milhões em emendas parlamentares, em benefício da população de 106 municípios potiguares. Ao avaliar esse aspecto de seus mandatos no Congresso – primeiro, como deputada e, agora, ao completar um ano no Senado – Zenaide salienta o caráter suprapartidário da destinação das emendas. “O valor de 74,5 milhões foi para atender o bem-estar da população do Estado do Rio Grande do Norte, independentemente de sigla partidária.  A prioridade foram as demandas do povo”, frisou a parlamentar.

                Saúde e Educação

                A Saúde recebeu um olhar especial de Zenaide Maia, desde ações na Atenção Básica, até serviços de Média e Alta Complexidade (MAC). Entre as unidades contempladas com emendas da parlamentar, estão o Hospital Regional do Seridó (Caicó), o Hospital Dr. Marcílio Alves (Ceará-Mirim), o Hospital Francisca Pereira Mariz (Jardim de Piranhas), a Maternidade Belarmina Monte (São Gonçalo do Amarante); o Hospital Infantil Varela Santiago, da Maternidade Escola Januário Cicco e do Hospital Santa Catarina, em Natal. Também foram destinados recursos para a Liga Norte-Rio-Grandense Contra o Câncer de Natal e de Mossoró e para os três Hospitais das Forças Armadas sediados na capital (Exército, Marinha e Aeronáutica).

                Na Educação, destacam-se uma emenda de R$ 15 milhões para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), dinheiro que é repassado aos municípios; e recursos para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), para a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e para o Instituto Federal de Educação (IFRN).

                Atenção às pessoas com deficiência

                Na área Social, foram atendidas demandas das APAE’s, da Sociedade dos Deficientes Físicos (SADEF), do Centro de atenção aos deficientes auditivos (SUVAG), do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), em São Vicente; Sociedade de Amigos dos Deficientes Físicos (SADEF), dentre outras entidades. “A tendência é continuar atendendo entidades sociais e filantrópicas nos próximos anos”, ressaltou Zenaide Maia.

                Segurança e outras áreas contempladas com emendas

                Nas áreas de segurança, justiça e cidadania, as emendas atenderam às demandas da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Norte, da Polícia Rodoviária Federal, da Defensoria Pública do Estado e da Justiça Federal (construção da sede da JF, no município de Assú).

                A parlamentar também destinou recursos para ações nas áreas de infraestrutura, turismo, esporte e agricultura do Rio Grande do Norte.

                001

                  A capital potiguar voltará, em breve, a contar com uma loja oficial do Flamengo. A “Espaço Rubro Negro”, uma das detentoras dos direitos comerciais dos produtos licenciados pelo clube carioca, vai funcionar no Natal Shopping, na zona Sul da cidade.

                  O anúncio foi feito pelo próprio shopping, em suas redes sociais. A nova loja, no entanto, ainda não data certa para inaugurar.

                  “Vem aí mais uma #NovidadeNoNAT! Desta vez, para a galera que é fã de futebol. Um espaço especial do Flamengo está chegando ao shopping com artigos esportivos, camisas oficiais e muito mais para quem cultiva a paixão rubro-negra no peito. Em breve!”, escreveu o Natal Shopping em uma postagem feita neste domigo, 26, em sua conta no Instagram.

                  Natal já contou com lojas oficiais do Flamengo em outras épocas. Em 2011, a cidade ganhou a “Coração Rubro Negro Store”, localizada na Av. Prudente de Morais, mas que não durou muito tempo. Alguns anos depois, foi aberto um quiosque no Praia Shopping, que também comercializa produtos exclusivos do Rubro-Negro, mas que também não durou muito.

                  001
                    Morreu, no Recife, aos 91 anos, Aluísio Ferrer de Morais, dono do Engarrafamento PITÚ. Ele estava internado na UTI do Hospital Português, há um ano, apresentando um quadro de complicações pulmonares.
                    Aluísio, aliás, completaria 92 anos no dia 28 de janeiro. O empresário deixa quatro filhos, sendo o mais velho Alexandre Ferrer, atual presidente da empresa e diretor comercial, sete netos e dois bisnetos.
                    2017-12-31-20-08-00-260-1

                      No próximo dia 31 de janeiro estará aberto o período para solicitação de matrículas dos novos alunos para o ano letivo de 2020 na rede estadual de ensino. As inscrições seguirão abertas até o dia 10 de fevereiro e devem ser realizadas por meio do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc), ou pelo aplicativo Matrícula Escolar RN.

                      Esta trata-se da última etapa do Calendário de Matrículas 2020, que foi divulgado pela Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC) em novembro do ano passado, e destina-se exclusivamente aos estudantes que ingressarão como novos alunos na rede estadual. “Para o ano letivo de 2020 ampliamos a oferta de vagas na rede estadual, chegando a cerca de 300 mil, para garantir vagas a todos que desejarem ingressar na rede estadual”, explica Getúlio Marques, secretário de estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do RN.

                      As inscrições devem ser feitas na aba “Matricule-se”, no portal do SIGEduc, na qual o aluno ou seus responsáveis devem selecionar o município, série e escola na qual desejam realizar a matrícula. Caso seja realizada pelo aplicativo Matrícula Escolar RN, o passo a passo da matrícula estará disponível na interface do app, disponível na plataforma Google Play.

                      Feito o cadastro, os interessados têm um prazo de três dias para efetivar a matrícula, apresentando presencialmente, na escola selecionada no ato da matrícula, os documentos informados no momento da inscrição.

                      Caso o estudante ou responsável não consiga fazer a matrícula através dessas plataformas, o interessado pode ir na própria escola ou até a sede da Diretoria Regional de Educação e Cultura (Direc) à qual a escola pertence. A SEEC também realiza atendimento na Central de Matrículas, localizada no andar térreo da Secretaria de Educação, no Centro Administrativo do Estado, em Natal. O atendimento é das 8h às 13h, de segunda a sexta. (mais…)