001

    Com voos cancelados e sem conseguir informações com as companhias aéreas, um tumulto se formou e passageiros se aglomeraram no Aeroporto de Natal, na manhã desta terça-feira (24). De acordo com a concessionária do terminal, a Inframérica, apesar de avisos sonoros, as pessoas não respeitaram recomendações de manter distância umas das outras para evitar contágio do novo coronavírus – o Covid-19.

    A maioria dos passageiros queriam a remarcação de seus bilhetes da Latam, que foram cancelados. Outros tinham ido até o terminal em busca de atendimento nos guichês de outras companhias aéreas, para remarcar seus voos, por causa da circulação do vírus, e reclamavam por não conseguirem contato com as empresas.

    “Passageiros que tiveram seus voos cancelados se aglomeraram em frente ao balcão de check-in para tentar remarcação dos bilhetes aéreos. As recomendações da Vigilância Sanitária que orientam o distanciamento entre as pessoas para evitar o contágio do COVID-19 não foram respeitadas pelos passageiros, mesmo com a emissão de comunicados sonoros por parte da Inframerica”, afirmou, em nota a empresa que administra o aeroporto.

    G1
    images

      Após a Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante/RN solicitar,junto à Promotoria de Justiça do município, medidas de prevenção e enfrentamento ao Covid-19 no aeroporto internacional Governador Aluízio Alves, a Justiça Federal autorizou a realização de barreiras sanitárias pela prefeitura e pelo Estado no terminal, em auxílio à Anvisa. A tutela cautelar foi deferida no final da tarde desta segunda-feira (23).

      A decisão judicial determina que “Anvisa se abstenha de impedir e forneça o apoio necessáriopara que o Estado do Rio Grande do Norte, com auxílio de instituições que repute necessárias (órgãos municipais, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil etc.) implante uma barreira sanitária e de inspeção de voos nacionais e internacionais,especialmente aqueles provenientes de locais considerados de risco pelo Governo do Estado”.

      No pedido do Ministério Público Federal foi citado que “digno de ressaltar que a Prefeitura de São Gonçalo informou ao Ministério Público Estadual que recebeu várias denúncias a respeito “da falta de expediente do aeroporto, tendo em vista que não há uma barreira/cinturão sanitário dos funcionários e os viajantes, incluindo atripulação que ingressa no Estado, já que é a porta de entrada, via aérea, do nosso Estado”.

      unnamed

        Em meio ao caos aéreo causado pela pandemia da covid-19, o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante,na Grande Natal, permanece operando com vários vôos cancelados e recebendo sem triagem do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nesta segunda-feira (23).

        As informações foram repassadas por alguns passageiros, que preferiram não se identificar. Eles vêm de áreas com grandes números de casos positivos, como Recife e São Paulo.

        Com informações do AgoraRN

          Subiu o número de casos suspeitos de Coronavírus em São Gonçalo do Amarante/RN. É o que mostra o boletim epidemiológico desta segunda-feira (23), divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde Pública do RN. Porém, ainda na noite da segunda-feira, o comitê gestor de enfrentamento ao COVID-19 no município, classificou mais um caso suspeito, totalizando 5 casos.

          Na última sexta-feira, (20), foi divulgado os primeiros casos suspeitos para o COVID-19 no Município. Trata-se de uma mulher de 31 anos, e um homem, 37 anos. Ambos tiverem contato com casos suspeitos classificados de acordo com o Protocolo Clínico do Covid-19.

          Os novos casos trata-se de um menino de 2 anos, que está em isolamento numa unidade hospitalar, estável e aguardando o resultado do exame.

          Outro é uma mulher de 32 anos, em isolamento domiciliar espontâneo. E um homem de 27 anos, com sintomas leves e também cumprindo isolamento domiciliar.

          No total, são 270 casos suspeitos, 2 prováveis, 43 descartados e 13 confirmados em todo estado do Rio Grande do Norte.

          001

          2017-12-31-23-39-15-333

            O prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulo Emídio, divulgou ontem (22) em suas redes sociais, que a prefeitura usará o prédio recém-construído do Centro Especializado em Reabilitação (CER), para montar um hospital de campanha com capacidade para 100 leitos para pacientes com coronavírus no município. A proposta está sendo avaliada pelo Comitê Gestor de Prevenção e Enfrentamento ao COVID-19, junto com o Ministério Público.

            A ação é mais uma medida de enfrentamento ao Covid-19, caso pacientes de São Gonçalo sejam infectados com o novo coronavírus. Atualmente, de acordo com dados da Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap/RN), o município possui quatro casos suspeitos de COVID-19.

            “Estamos mobilizados, monitorando a situação a todo momento e anunciando medidas de prevenção e combate, indo além das nossas possibilidades. Nossa missão é cuidar e proteger a população neste momento de calamidade mundial”, disse.

            O prefeito também ressaltou as medidas individuais que a população pode tomar para combater doença, como permanecer em casa, evitar o contato social, manter a higiene pessoal com água e sabão e preservar os grupos de risco.

            001

              A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante/RN, através da Portaria de Nº 02/2020 da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (sembur), suspende a colocação de barracas e funcionamento de feiras livres no município pelo prazo de 30 dias, a partir deste domingo (22).

              De acordo com o texto, os cidadãos que foram flagrados descumprindo a medida, fica autorizada a Guarda Municipal a intervir para que disperse qualquer aglomeração e tome as providências legais cabíveis. Os proprietários que forem flagrados organizando suas bancas de feira em logradouros e equipamentos públicos terão suas bancas apreendidas e estarão sujeitos às penalidades de acordo com a Lei Municipal 1.062/2004 e o Código Penal Brasileiro.

              Fiscalização
              Neste domingo (22), guardas municipais, policiais militares e equipe da Vigilância Sanitária e da Secretária de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) visitaram estabelecimentos abertos, entre bares e restaurantes, notificando e recolhendo aqueles que estão descumprindo o decreto do Governo do Estado, de nº 29.541, para fechar nesse período de quarentena em prevenção ao Covid-19.

              Denúncia
              A prefeitura orienta a população que, em caso de locais e estabelecimentos que estejam abertos, aglomerando pessoas, ligar para o disque 190 e fazer a denúncia, ou para central da Guarda Municipal de São Gonçalo do Amarante no telefone (84) 98120-1548.

              2017-12-31-23-33-13-438

                A Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte informou, na noite deste sábado (21), que subiu para 9 o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no estado. Os novos casos foram registrados em Natal, Parnamirim e Mossoró.

                Em Parnamirim, a paciente é uma mulher de 28 anos com histórico de contato com um caso confirmado de Covid-19 residente na cidade de Natal. Ela passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas no seu município de residência.

                Outro caso confirmado por Covid-19 é de uma munícipe de Natal de 41 anos, do sexo feminino, com histórico de contato com caso confirmado de pessoa residente na cidade do Recife (PE). Ela também passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas no seu município de residência.

                O último caso confirmado na noite deste sábado (21) por Covid-19 é de um residente de Mossoró – o primeiro confirmado neste município. Trata-se de um paciente com 55 anos, do sexo masculino, com histórico de contato com caso suspeito de Covid-19. Ele passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas no seu município de residência.

                AgoraRN
                001

                  Um menino de 6 anos de idade está em isolamento no Hospital Maria Alice Fernandes com suspeito de coronavírus. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), o a criança é paraguaia e está na companhia dos pais. A família aguarda o resultado do exame para o Covid-19, que foram enviados no último dia 17 de março para o Instituto Evandro Chagas (IEC), no Pará.

                  Ainda segundo a Sesap, a criança está internada porque não possui domicílio na cidade para realizar o isolamento.

                  “A direção do hospital esclarece ainda que a primeira coleta de exames foi feita no dia 12 de março à noite e entregue ao Lacen-RN no dia 13 de março. Após os resultados darem negativos para outros vírus respiratórios e, seguindo os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde, a amostra foi enviada ao IEC no dia 17, com expectativa de entrega de resultados dentro de 7 dias após o envio”, informou a Sesap.

                  G1/RN
                  001

                    As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 12h30 deste sábado (21), 1.021 casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil em 25 estados e no Distrito Federal. São 18 mortes no Brasil, três no Rio de Janeiro e chegou a 15 em São Paulo. As informações são do portal G1.

                    O Ministério da Saúde atualizou os números na tarde de sexta-feira, informando que o Brasil tem um total de 904 casos confirmados de coronavírus e 11 mortes.

                    O Maranhão registrou o primeiro caso confirmado na sexta-feira. Apenas Roraima ainda não teve caso confirmado.

                    Em Goiás, o número de pessoas com coronavírus subiu de 15 para 18, de acordo com boletim da Secretaria Estadual de Saúde.

                    No Distrito Federal, o número de casos de infectados foi de 87 para 108.

                    No Rio Grande do Norte, a Secretaria Estadual de Saúde confirmou 5 novos casos. Ao todo, o Estado tem 6 casos confirmados.

                    Em Santa Catarina, neste sábado (21), o número saltou de 40 para 51.

                    O Mato Grosso confirmou seu 2º caso, assim como o Tocantins.

                    Confira o balanço das secretarias de Saúde:

                    Casos confirmados do novo coronavírus no Brasil

                    Estado Secretarias da Saúde Ministério da Saúde
                    AC 7 7
                    AL 6 5
                    AP 1 1
                    AM 7 3
                    BA 34 33
                    CE 68 55
                    DF 108 87
                    ES 16 13
                    GO 18 15
                    MA 1 0
                    MT 2 1
                    MS 12 9
                    MG 38 35
                    PA 2 2
                    PB 1 1
                    PR 36 32
                    PE 31 30
                    PI 4 3
                    RJ 110 109
                    RN 6 1
                    RS 56 37
                    RO 1 1
                    RR 0 0
                    SC 51 21
                    SP 396 396
                    SE 7 6
                    TO 2 1
                    Total 1021 904