001

    Já se passaram quatro anos da partida da produtora cultural Séphora Bezerra para o outro mundo. Séphora era produtora cultural são-gonçalense e diretora do Pastoril Dona Joaquina. Faleceu na quarta-feira (27) de janeiro de 2016, após uma parada cardíaca, no Natal Hospital Center, em Natal, ao qual estava internada.

    Séphora Maria Alves Bezerra tinha 54 anos, era graduada e mestra em Filosofia, dedicou grande parte da sua vida a cultura popular, e antes de afastar-se por problemas de saúde atuava como servidora pública na Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer. Começou no mundo das artes aos 10 anos de idade, foi casada e morou um período em Belo Horizonte. Ao retornar para São Gonçalo começou estudar a cultura popular e se encantou pelos folguedos. Admiradora do saudoso Deífilo Gurgel foi responsável pela criação do Pastoril Dona Joaquina para resgatar a dança tradicional do antigo Pastoril Estrela do Norte.

    comentarios